Iniciação do “Corno em Treino”

Cumshots

Iniciação do “Corno em Treino”
– Gina, cheguei a tua casa, onde está o teu marido?

– Ainda está na cama, muito bem, prende-o à cama com estas argolas…. diz-lhe que é para o excitar…

– Hummm já está, óptimo, agora vou entrar no teu quarto, trouxe comigo o teu tio…

– Ora muito bom-dia, sr. Corninho, como está, eu sou o seu encornador de serviço do dia, e aqui com o familiar disposto a auxiliar. Vimos foder bem fodidinha aqui a Gina, bem do jeito como ela gosta, preenchendo-a em todos os seus buraquinhos, no jeito que a nossa putinha gosta.

– Desta forma, puta, põe-te de joelhos à nossa frente para nos entesares o pau com essa boquinha que bem sabe trabalhar. Se o corno gritar e espumar de raiva, deixa-o pois está bem preso à cama, e só está assim porque não quer colaborar como um bom corninho manso…

– Isso chupa bem os nossos paus… Esta sua sobrinha, Tio, chupa melhor que muitas putas profissionais que já vi… Putas já dedicadas verdadeiramente ao serviço de encornar de forma bem activa e regular os gajos que as anilharam….

» “Isso é porque já a fodo à anos, é a minha porquinha de serviço….”

– Têm na bem treinada tio, a sua lingua é de profissional…

» “Devia ver naquele dia em que filmei esta nossa putinha a ir-lhe ao cu. Antes disso, chupou-me bem o pau e até as bolas foram bem trabalhadas. É uma putinha desde à muito prendada quando se põe a chupar”

– Tem razão, a sua boca é um assombro, desde à muito que encorna este seu sobrinho, Tio?

» “Ui então não, esta putinha é minha desde antes de eles casarem. Só passou à minha exclusividade após ela ter casado. O corno aqui é ciumento, e nunca lhe passou pela cabeça que era eu quem lhe comia a mulher… Logo o irmão do pai da nossa porquinha deliciosa!”

– Bem, ela já nos entesou bem os paus, vamos comê-la bem à frente deste corninho. Gina, põe te de quatro, minha putinha. Vamos lá comer-te esses teus buraquinhos deliciosos.

» “Hummmm, Eu ainda vou querer que ela me mame mais um pouco o pau. Sirva-se da coninha ou do seu cuzinho…”

– Vou lhe tratar de a enrabar bem enrabadinha, Tio. Putinha, vou ter de te lubrificar bem esse buraquinho, mas tenho uma ideia melhor…

– Vai ao teu corno, que se está a espumar todo de raiva, e tira alguma dessa e usa-a para enfiar no teu cuzinho. Lubrifica-lo bem lubrificadinho. Vou te enrabar lubrificado com a saliva do teu corno ciumento, com tanta espuma deverá de certeza deslizar como em manteiga…

– Mas cuidado que não te morda. Com a raiva que está pode arramcar-te um dedo…

# “Deixe estar, Jay, eu vou tratar de ter cuidado ao fazer. Se ele se fizer a mim para me magoar, dou-lhe um estaladão que ele abaixa a mola…”

# “Tudo o que quiser para poder desfrutar o melhor possível desta sua putinha pronta para o satisfazer o melhor que pode.”

» “Cala-te puta e continua a mamar o teu tio, Gina…”

– Hummmm como desliza bem o meu pau com a espuma de raiva do corno… E como ela gosta de apertar o seu cu ao mesmo tempo que eu deslizo para dentro dela, porquinha assombrosa…

» “Bem lhe disse que iria desfrutar divinamente do corpo da minha sobrinha…”

– Já a come então desde antes do casamento então?

» “Então não, devia ver na despedida de solteiro dela. Fomos vários do escritório a comer ao mesmo tempo a sua coninha, cu e boca.”

» “Em vez de ter um striper para ela, foi o contrário ela é que foi a nossa putinha do bolo. ela é que se casou, mas fomos nós que nos despedimos de ela estar solteira… Foi do outro mundo…”

» “Até mesmo no dia do casamento, para ela relaxar da cerimónia, enfiei-lhe bem dentro o meu caralho pela sua cona dentro… O corno aqui nem deu pela diferença…. Os ciumes bloqueiam lhe a visão…”

– Todos os cornudos são assim, Tio. Preocupam-se muito com as putinhas deles mas o que acontece é que todos lhes comem as papas na cabeça, e na cona da sua putinha…

– Este foi sempre corno, a Gina tratou de o enfeitar sempre bem efeitado consigo e com todo o mundo, e ele não viu nada…E a culpa é mesmo dele, pois a sua insegurança e sentimento de posse fez que ela procurasse sempre outros paus que a satisfizessem plenamente… Os cornos nunca aprendem…

– Hummm Tio quer provar deste cu já alargado por mim…. Quero molhar o pau na cona…

» “Porque não, vamos fazer uma deliciosa dp nesta puta bem oferecida…”

– Tenho uma ideia ainda mais brilhante, Tio. Há corda por aqui?

» “Claro, mas tu queres atar a putinha da minha sobrinha?”

– Não, o Corno…

# “O corno?!!!! Tio, essa é nova, já está preso com algemas mas amarra-lo?”

– Sim, um pedaço de corda em cada pé e atar para que ele tenha as pernas abertas, o cornudo… Cuidado com os coices do gajo a atar… Feito….

– Gina começa a chupar o caralho do corno á força, enquanto te fodemos e enrabamos, eu e o teu tio… Tu vais violar o corno, putinha…

Tendo a boca cheia, Gina, dizias pouco, só soltavas gemidos de prazer sempre que te enterravamos os paus dentro do teu corpo…
Mas todos adoramos putinhas que cantam canções gemidas de prazer ao ritmo do balanço e de as penetrarmos, como boas porquinhas deliciosas. E, Gina, és uma porquinha maravilha, toda bem feita, feita para ser bem comida, de seios perfeitos para serem bem sugados e chupadinhos…

– Hummm, Tio, esta cona da puta, com ela a apertar-me as paredes da cona, vai-me fazer vir… Vou-me vir na cara da puta…. Quero que ela apanhe todo o leite na cara e boca…

– O corno, não queria, não queria mas está de pau feito depois de ela o chupar…

» “O palhaço do meu sobrinho postiço é assim, só ladra mas na hora da verdade, até lhe podiam ir ao cu… AhAHAH”

– Mas também a boca da puta tem talento… Deixa lá essa salsicha e vem acabar de ordenhar o meu pau, porquinha… O teu Tio penso que quer acabar dentro do teu cu malandro.

– Isso chupa, chupa o meu caralho…. O teu corno já está com saudades da tua boca na sua salsicha…

– Olha, até já nem espuma tanto de raiva…

» “Hummm esta puta aperta tão bem o cu, que me vai fazer vir depressa, jorrando leite pelo seu cu a dentro….”

– Chupa porquinha, chupa que me venho na tua cara…. Issso, largo leite na tua cara e boca…

– Venho-me, puta toma este leite todinho…

» “Hummm estou tb a descarregar dentro deste cu apertado e bem feito, goza tb puta conosco”

# “Venho-me tb, mmmmmm leite delicioso e quente… Esto..u a vir-me, delicia, adoro ser a vossa puta descarada e oferecida….”

– Encho-te a boca de leite, Gina…. Vai puta, engole…

– Veja tio como lhe escorre pelos cantos da boca… Putinha tudo isso tem de ir para dentro

» “Hummmm”

– Isso suga-me esse leite todo, deliciosa vaquinha… Vaquinha também bebe leitinho…

» “Já me vim, quer vir experimentar de novo este cuzinho já bem aberto?”

– Tio deixe ela limpar bem este pau e que o ponha de novo duro, ponha-a também a limpar o seu”

# “Hummm Dois paus para mim, para eu chupar”

– Putinha caladinha e toca a chupar e limpar bem esses paus…. Já agora enfia o pau do teu corno no cu, para encharcar e besuntar o pau do teu corninho com o leite do teu tio. Rebola bem ele dentro de ti até ele estar bem besuntado…

» “Tu tens mesmo cá umas boas ideias para humilhar o puto…”

– Ele que deixasse de ser tão besta e possessivo em relação a esta putinha e ela não procurava tanto pau diversificado…

– Hummm o meu já está rijo, e o do Tio?

» “Que nem pedra, você quer cona ou cu?”

– Agora vou experimentar novamente este cuzinho apertadinho. Bem apertadinho não, porque nós já o alargamos bem…

» “É para que deslize melhor, lolol”

– Eu vou encher-lhe a cu… pomos ela a chupar o pau do Corno?

– Para ver se ele fica mais mansinho. Quando a puta o chupa, ele parece que acalma a raiva….

– E então Tio, então já partilhou este corpinho maravilhoso com outros?

» “Claro que sim. Uma putinha desta nem é para ficar só para o corno dela, nem só para quem a come regularmente, como eu. É para ser bem partilhada, como estou a partilhar consigo”

» “Nesta coninha já passou um grande número de linguas e paus, e muitos deles bastante seu familiares”

– Então esta putinha é bem comida em família?

» “Acha que um corpão deste é para ser posto de lado e não ser bem desfrutado só por causa de preconceitos e pequenez de mentalidade da sociedade. É desfrutada por muitos da família, e geme da mesma forma ou ainda mais do que agora com todo o seu tesão”

» “Ela já sentiu os paus de vários de meus irmãos e cunhados, bem como de muitos dos meus colegas, sendo apresentada e oferecida por mim a eles…”

– E o corno não desconfiou de nada até agora?

» “Claro que não, sempre a atirar ao lado, para tudo o que era homem, sem acertar em nenhum que a fode”

– Ele já deve desconfiar à muito a putinha que tem em casa e, portanto, que não é homem suficiente para tanto fogo que esta putinha tem na sua cona e cuzinho…

– Por falar em cuzinho, este é de uma delicia bem doce… Adoro quando a puta aperta bem à volta do pau…. Vês corno, é assim que a tua puta gosta de ser fodida…

» “E a cona dela está tão molhada que parece que estou a mergulhar o meu pau num lago.”

– E o corno já nem espuma nem nada, com o trabalho que ela está a fazer no palito dele…

» “Olha o puto está a vir-se…. Deve estar a gostar ver a puta dele a ser comida por nós…”

– Hummm Encheu a boca dela de leite… Gina, putinha, nem te atrevas a beber esse leite. Como uma boa vaquinha vais dares todo ele ao teu corninho….

» “Uuiii, agora é que ele vai ferver…”

– Deixe-o ferver, que é para o lado que durmo melhor…Lambuza-lhe a cara e boca com o seu leite, obriga-o a beber das suas próprias natas, puta.

» “Hummm, Adoro alimentar bem o meu corninho, como vocês me alimentam tão bem de pau….”

– Por falar falar em pau, como está aí essa cona, Tio?

» “Abre-se bem à passagem da minha virtude e desliza como alguém num parque aquatico”

– O cu está me a por louco, acho que vou misturar o meu leite no seu, para ela fazer um bom milkshake para o corninho…

– Eu não me vou controlar, estou a vir-me…

» “Esse cu tem esse efeito. É bom demais para retardar explosões de prazer…”

– Faz milk shake, putinha para dar ao teu maridão… venho-me bem dentro….

# “Hummmm estás a rasgar o cu e a…. haaa…. encher de leite todinho…uhhhh…. matas …. me de prazer, come-me toda, sou toda vossa….”

– Isso vem-te também putinha, põe-nos todos em braza….

» “Eu também não vou aguentar, vou largar na cona num maravilhoso creampie”

– Isso, venha-se também para encher os dois buraquinhos de prazer de leite…

– Hummm puta, estás toda cheia de leite deste lado… Senta-te na cara do corno e faz-lhe uma boa cobertura de glassé e natas na sua cara… Põe-no a comer as nossas natas misturadas dos teus sumos, para ver se ele limpa-te ou não todinha essa tua coninha e cu?

# “Hummm Vou matar de raiva e de vergonha o meu corninho…”

– Deixa-te de histórias e faz o que te mandam… Se ele não gostar, ele não tem querer, só tem de desfrutar se quizer…

– Hummm Já nem se lhe vêm os olhos de tanto leite tem na cara…

– Gina, trata de limpar a cara ao corno. Lambe-o bem e bebe todo o leite que está sobre esta…

» “Que vista deliciosa. O corno a ser limpo pela sua putinha…”

– Parece uma gata a lamber a sua cria…

» “Hummmmm… Gata, só se for uma bem assanhada…”

– Bem, Tio, está na hora de me por a mexer à outras putinhas, a ver…

» “Deixamos o corno aqui?”

– Porque não? Já comeu bem leite, está bem alimentado. Melhor ficar um tempo amarrado para esfriar. Levamos a putinha para nos divertirmos no caminho e depois mandamos alguém para o desamarrar…

– Nós somos do movimento “Não deixes o teu corno solto, mas também não o prendas todo o dia…”

– Como bom corninho, ele vai aprender a comportar e a obedecer ao que a sua putinha o manda fazer…

– E nós como donos da sua putinha, iremos a orientar bem para ela tirar o melhor partido do seu corno, a partir de agora…

– Não é por nada que nos chamam os “encantadores de cornos”…

» “Já tinha ouvido falar dos encantadores de cavalos, de cães, até de putinhas, mas de cornos é nova…”

– Tio, como um a****l selvagem, um corno é uma besta que tem de ser treinada para se amansar o seu feitio, tolerar as ordens e responder à sua dona… Sem isso pode ser agressivo e muitas vezes perigoso para a dona… Um corno manso dá a mão e é obediente à sua dona…

» “Vocês trabalham bem, sem dúvida trabalham bem…”

– Tudo para que as nossas clientes putinhas fiquem satisfeitas, não é assim vaquinha?

# “Sim meus deliciosos mestres e donos…”

– Vamos indo então… Puta veste só a gabardina para tapar a pele na rua, que nos dá livre acesso quando quizermos, e deixemos o corninho a acalmar…

» “Adeus puto, relaxa que vamos repetir isto mais vezes…”

# “E estarás sempre aqui para me veres ser puta deles sempre que eles queiram, amor… descansa bem”

– É sempre bonito ver um corno em treino cansado e a descansar…

Baseado em factos verídicos…

Bir cevap yazın

E-posta hesabınız yayımlanmayacak. Gerekli alanlar * ile işaretlenmişlerdir