A mãe do meu amigo

A mãe do meu amigo
Oi, sou o Alcides… 19 anos… 1.70cm, cabelos semi-longos, meu pau mede 21cm, físico atleta, meu passatempo é escutar música, não tomo cerveja, nem fumo… O que eu gosto mesmo é de foder.

Mãe do meu amigo, podemos tratar ela por Dona Maria. Ruiva Tem atualmente 40 anos, ela é a Milf mais gostosa que já vi. Bundão enorme, cabelos compridos, altura 1.62 se não me engano. Solteira.

Desde aos meus 15 anos, sempre admirei a bunda da mãe do meu amigo, nossa… Bem sempre que ela fazia faxina eu olhava sua bunda. E me deixava excitado.

E quando ela lavava a roupa manualmente na hora dela lavar as calças eu ficava olhando os peitões mexendo nossa era muito gostoso.

Eu sabia a sua rotina, ela tomava banho as 12h e poucos minutos. Uma vez eu indo buscar algo que estava atrás do banheiro dela … Indo eu … Ouvi barulho de gotas de águas que caiam no chão. Logo comecei a criar fantasias. Até que ouvi um barulho muito estranho, era ela lavando a xoxota. Isso me deixou muito excitado que comecei a bater punheta.

E sem querer vi ela saindo do banheiro de toalha, mexendo as bochechas da bunda. Nossa isso foi incrível.

Depois de completar 18 anos, freqüentava mais a casa da dona maria. Indo perguntar o meu amigo. Um dia fui a casa do meu amigo, porque a gente tinha um jogo amigável com um time da outra vizinhaça.

Bati a porta… E ela diz. – Quem é? – Alcides. – Entra a porta está aberta. Entrando eu… Sentei no sofá. Ela disse – o que o menino faz aqui a essa hora. Aí expliquei o motivo pela qual estava aí.

Ela disse que mandou o meu amigo ir ao supermercado comprar algo. Para mim esperar.

Vendo ela limpando o chão me deixava excitado, elogiei ela dizendo – A senhora tem um corpaço! Ela olhou para mim com um olhar de safada e mordeu os lábios. Isso me deixou excitado.

Continuando ela a limpar o chão eu não parava de olhar naquele bundão. Ela disse – Safado, você está olhando na minha bunda porquê? Naquele momento estava tremendo de medo e por impulso disse: – Temos que admirar as obras de Deus, não é? E ela soltou um sorriso. Naquele momento dei conta que ela tinha uma boca gostosa. Isso aumentou a minha tesão.

Depois ela foi a cozinha, de repente me chamou. Fui até lá… Como ela é um pouco baixa. Ela pediu que eu tirasse a panela que estava no lugar alto. Me deu a cadeira e subi para tirar a panela. Se querer ela viu o meu pau e a sua cara ficou frente com o meu alcidiszinho. Porra olhando aquela cena me deixou com o pau mais duro ainda. Ela disse: – Nossa que pau! Tirei a panela e desci. Fiquei atrás dela e senti aquela bunda no short tocando meu pau. E eu como um safado encostava mais ainda até que ela disse vem vou te mostrar algo.

Seguindo ela fomos até a lavandaria que tem lá. Aí ela tirou o short e ficou de bikini. Disse que a máquina de lavar não estava funcionando dei uma olhada na máquina. Enquanto estava arranjar a máquina ficava olhando na buceta dela que é tão volumosa. Minutos depois a máquina voltou a trabalhar.

Ela disse – o que você quer em troca? Eu disse um beijo, e ela disse – safado vem cá na mamãe. Me deu um beijaço enquanto a gente fica se beijando eu apertava na bunda. Beijava o pescoço, coloquei o meu dedo na buceta e senti que estava molhada. E ela estava gemendo a cada vez que colocava o dedo dentro da buceta. Ela ajoelhou e tirou o meu pau duro da sunga sem pedir permissão pôs na boca engolindo os meus 21cm de pau. Naquele momento estava me sentindo rei do mundo e ela era a rainha do boquete.

Ela ficou de pé e eu coloquei o pé direito dela no meu ombro. Comecei chupando aquela buceta gostosa ela estava gostando e me chamou nomes… Dizendo – Filho da puta chupa… Chupa a coninha. E eu colocava a língua mais dentro. Até que coloquei o pau dentro e ela deu um gemido gostoso. Comecei empurrando devagar, porque queria aproveitar que o meu sonho estava se realizando… E o meu pau parece que estava gostando da buceta. E ela colocava aquela cara de safada… Toda vermelhinh… Não demorou ela teve orgasmo… A coninha estava tão avermelhada e tão gostosa que ejaculei dentro. Tirei o pau ainda duro, coloquei na bunda não acreditava que estava a comer a bunda que tanto desejava. Depois de comer deitei o leite.

E Coloquei de novo na buceta agora estava fodendo muito rápido que a vagabunda gritava que nem uma mulher que está parindo. A buceta fazia toc toc toc. Até que avisei que estava vindo ela disse para jogar na cara. Tirei o pau e joguei todo leite na cara e a safada lambeu meu pau cheio de leite.

Alguns minutos meu amigo chega e chamando – mãe, mãe. A gente se vestiu rápido e ele nos encontrou na lavandaria perguntou – O que fazem aqui? Ela respondeu – a máquina não tá funcionando e pedi que seu amigo desse uma olhada, ué tem algum problema? – não mãe. Disse ele.

Saindo eu a mãe dele me disse quero que isso se repita. Naquele dia marquei 3 golos ninguém sabia o motivo da inspiração. Somente eu e ela.

Que milf gostosa!!

Bir cevap yazın

E-posta hesabınız yayımlanmayacak. Gerekli alanlar * ile işaretlenmişlerdir